quarta-feira, 4 de abril de 2012

PM REFORÇARÁ SEGURANÇA NA UFBA

Vítima da violência urbana e impedida de receber rondas da Polícia Militar, por ser área federal, a Universidade Federal da Bahia (Ufba) só vê crescer as taxas de violências as seus alunos e funcionários. Por conta das reclamações dos alunos a reitora Dora Leal e Coronel Alfredo Castro, Comandante Geral da PM, definiram após reunião realizada, nesta quarta-feira (3) no Quartel dos Aflitos, que a partir da próxima segunda-feira (9) os locais apontados pela universidade como de risco receberão maior atenção. A medida vale para os entornos dos campi, de Salvador, Vitória da Conquista e Barreiras.

Bahia 247

Nenhum comentário:

Postar um comentário